24.8 C
Teresina

Barreiras sanitárias do Busca Ativa reforçam o enfrentamento à pandemia

Deve ler

Sesapi abastece regionais de saúde para Dia D da campanha de multivacinação

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) já enviou todas as vacinas para que os municípios façam a retirada nas regionais de saúde, e...

Professora inspira o protagonismo juvenil e transforma o clima escolar

“Gosto de ensinar, pois aprendo a cada dia com meus alunos e sinto prazer quando sei que estou ajudando de alguma forma”. Com esse...

Brasil goleia Uruguai em Manaus com show de Raphinha e Neymar

Se faltava convencer, agora não falta mais. O Brasil goleou o Uruguai por 4 a 1, nesta quinta-feira, em Manaus, com show de...

Polícia indicia estudante de medicina do Piauí pelos estupros de irmãs e prima

A Polícia Civil do Piauí indiciou o estudante de medicina, de 22 anos, em três inquéritos por estupro de vulnerável contra as irmãs de 3...

As barreiras sanitárias fixas, implantadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), vêm ajudando a controlar a disseminação do novo coronavírus no Piauí. Elas funcionam no Aeroporto Senador Petrônio Portella, no Terminal Rodoviário Lucídio Portella e na Nova Ceasa, em Teresina, assim como nas divisas do estado.

O trabalho das barreiras do programa Busca Ativa começou em março de 2020, orientando as pessoas quanto ao uso da máscara, uso de álcool em gel e distanciamento social.

“Essas pessoas precisam ser orientadas, verificando a temperatura e, se tiver algum sintoma, a gente indica a unidade de saúde mais próxima. Essa parceria é fundamental no controle para conseguir diminuir a transmissão desse vírus”, explica a gerente de Atenção Básica da Sesapi, Dília Falcão.

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, esteve no aeroporto de Teresina e presenciou o trabalho da barreira instalada no Aeroporto Senador Petrônio Portella.

“Desembarquei às 23h e pude ver in loco o excelente trabalho realizado pela equipe instalada no aeroporto. A fiscalização e orientação aos passageiros que desembarcam em nosso estado é de suma importância neste enfrentamento ao vírus”, destaca o gestor.

Os passageiros que desembarcam no aeroporto e rodoviária são abordados pela barreira sanitária e é feito uma averiguação da saúde dessa pessoa. Em caso da presença de sintomas, ele é encaminhado a um centro médico especializado. Nas divisas e em outros pontos da capital é feito o mesmo trabalho.

“Na Nova Ceasa, a barreira inicia às 3h da madrugada, com o objetivo de interceptar os caminhoneiros que chegam de outros estados para abastecerem o comércio de alimentos da região”, lembra Dília Falcão.

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui

Últimas notícias

Sesapi abastece regionais de saúde para Dia D da campanha de multivacinação

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) já enviou todas as vacinas para que os municípios façam a retirada nas regionais de saúde, e...

Professora inspira o protagonismo juvenil e transforma o clima escolar

“Gosto de ensinar, pois aprendo a cada dia com meus alunos e sinto prazer quando sei que estou ajudando de alguma forma”. Com esse...

Brasil goleia Uruguai em Manaus com show de Raphinha e Neymar

Se faltava convencer, agora não falta mais. O Brasil goleou o Uruguai por 4 a 1, nesta quinta-feira, em Manaus, com show de...

Polícia indicia estudante de medicina do Piauí pelos estupros de irmãs e prima

A Polícia Civil do Piauí indiciou o estudante de medicina, de 22 anos, em três inquéritos por estupro de vulnerável contra as irmãs de 3...

Muro de galpão cai em cima de carros e teto de ginásio desaba durante temporal em Água Branca

Um temporal foi registrado na tarde desta sexta-feira (15) na cidade de Água Branca, a 90 km de Teresina. O fenômeno durou cerca de 20...