34.8 C
Teresina

Centros Municipais de Educação Infantil de Teresina estão iniciando aulas no formato híbrido

Deve ler

Sesapi abastece regionais de saúde para Dia D da campanha de multivacinação

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) já enviou todas as vacinas para que os municípios façam a retirada nas regionais de saúde, e...

Professora inspira o protagonismo juvenil e transforma o clima escolar

“Gosto de ensinar, pois aprendo a cada dia com meus alunos e sinto prazer quando sei que estou ajudando de alguma forma”. Com esse...

Brasil goleia Uruguai em Manaus com show de Raphinha e Neymar

Se faltava convencer, agora não falta mais. O Brasil goleou o Uruguai por 4 a 1, nesta quinta-feira, em Manaus, com show de...

Polícia indicia estudante de medicina do Piauí pelos estupros de irmãs e prima

A Polícia Civil do Piauí indiciou o estudante de medicina, de 22 anos, em três inquéritos por estupro de vulnerável contra as irmãs de 3...

Parte dos Centros Municipais de Educação Infantil de Teresina já deu início às aulas no formato híbrido. Com um número limitado de alunos participando presencialmente e um rígido protocolo de segurança sanitária, aos poucos as crianças estão retomando a rotina de sala de aula.

Fotos: Ascom Semec

No CMEI Tia Fanny, localizado no Vale do Gavião, o primeiro dia de aula foi de adaptação. Mas a diretora Carla Maia conta que as crianças estão animadas. Cada semana será destinada para uma turma específica, evitando aglomeração na escola.

“Começamos com os alunos do II Período, depois será o I Período e em seguida as turminhas de maternal. O primeiro dia foi tranquilo, as crianças foram muito atenciosas às orientações e os pais respeitaram os protocolos. Estamos indo bem, todos felizes com esse novo passo”, disse a diretora Carla.

Nos primeiros dias de volta do CMEI Maria Amélia Freitas Mendes de Oliveira, situado no bairro Planalto Uruguai, apenas oito crianças estão presencialmente na escola. A participação será gradual, ampliando um pouco a cada semana. “Foi uma alegria só, todo mundo estava ansioso para voltar. Cada passo está sendo dado com responsabilidade, aos poucos, para que funcione como planejado”, conta a diretora Conceição Gonçalves.

A nova rotina prioriza atividades em sala de aula, incluindo o recreio, que deixa de acontecer coletivamente no pátio. A acolhida passa a ser realizada por turma e o acesso dos pais ao interior do CMEI é limitado, a fim de evitar grande movimentação nos ambientes escolares.

 

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui

Últimas notícias

Sesapi abastece regionais de saúde para Dia D da campanha de multivacinação

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) já enviou todas as vacinas para que os municípios façam a retirada nas regionais de saúde, e...

Professora inspira o protagonismo juvenil e transforma o clima escolar

“Gosto de ensinar, pois aprendo a cada dia com meus alunos e sinto prazer quando sei que estou ajudando de alguma forma”. Com esse...

Brasil goleia Uruguai em Manaus com show de Raphinha e Neymar

Se faltava convencer, agora não falta mais. O Brasil goleou o Uruguai por 4 a 1, nesta quinta-feira, em Manaus, com show de...

Polícia indicia estudante de medicina do Piauí pelos estupros de irmãs e prima

A Polícia Civil do Piauí indiciou o estudante de medicina, de 22 anos, em três inquéritos por estupro de vulnerável contra as irmãs de 3...

Muro de galpão cai em cima de carros e teto de ginásio desaba durante temporal em Água Branca

Um temporal foi registrado na tarde desta sexta-feira (15) na cidade de Água Branca, a 90 km de Teresina. O fenômeno durou cerca de 20...