33.8 C
Teresina

É falso que Queiroga pegou Covid-19 porque vacina é ineficaz; médico explica

Deve ler

Interpi lança biblioteca virtual com registros fundiários históricos nesta sexta (5)

Será realizado, nesta sexta-feira (05), no Auditório do Núcleo de Práticas Jurídicas da Universidade Federal do Piauí (UFPI), o lançamento da Biblioteca Virtual de...

Vacina contra Covid-19 em Teresina: veja quem pode ser vacinado hoje e o que fazer

A Prefeitura de Teresina começou a vacinação contra a Covid-19 no dia 19 de janeiro de 2021 e vem ampliando o público-alvo conforme chegam novas...

Casos de dengue têm aumento de quase 50% em relação a 2020 no Piauí

O Piauí já registrou 2.654 casos de dengue em 2021. O número é 44% maior que os casos registrados no mesmo período do ano...

Wellington Dias apresentará Edital PRO Verde na COP26

O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, Wellington Dias, participará da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26), que...

Na edição desta quinta-feira (23) do quadro Correspondente Médico, do Novo Dia, o neurocirurgião Fernando Gomes desmentiu notícias falsas sobre a eficácia das vacinas, que se espalharam pelas redes sociais após o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, testar positivo para Covid-19.

Acompanhando comitiva do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em Nova York, o ministro foi diagnosticado com a doença mesmo imunizado com duas doses da vacina. Desde o início da vacinação, especialistas afirmam que todos os imunizantes reduzem as chances de casos graves da doença. No entanto, não são 100% eficazes para evitar o contágio.

Gomes explica que vacina não age igual a um repelente de insetos. “Não é que se passa no corpo e o mosquito nem chega perto. A vacina funciona de maneira diferente. Ela prepara o sistema imunológico para, tendo contato com o vírus, se tem o sistema imunológico capaz de combater com força muito maior do que uma pessoa que nunca teve contato com a doença.”

Isso precisa ficar muito claro: não existe vacina nenhuma no mundo capaz de inibir de forma integral o contágio

Fernando Gomes
O médico ainda destacou que a prova da eficácia dos imunizantes contra a Covid-19 acontece justamente na contaminação pelo coronavírus, já que a porcentagem da doença evoluir para casos graves ou óbitos é mínima.

“Também temos alguns conceitos gerais que, hoje, podemos falar sobre isso diferente do que no começo da pandemia”, afirmou.

São eles:

Todos os imunizantes diminuem os riscos de formas graves da doença;
Quem já tomou as duas doses pode contrair o vírus;
Cuidados sanitários devem continuar.
(*Com informações de Nicole Lacerda, da CNN, em São Paulo)

Fonte: CNN Brasil

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui

Últimas notícias

Interpi lança biblioteca virtual com registros fundiários históricos nesta sexta (5)

Será realizado, nesta sexta-feira (05), no Auditório do Núcleo de Práticas Jurídicas da Universidade Federal do Piauí (UFPI), o lançamento da Biblioteca Virtual de...

Vacina contra Covid-19 em Teresina: veja quem pode ser vacinado hoje e o que fazer

A Prefeitura de Teresina começou a vacinação contra a Covid-19 no dia 19 de janeiro de 2021 e vem ampliando o público-alvo conforme chegam novas...

Casos de dengue têm aumento de quase 50% em relação a 2020 no Piauí

O Piauí já registrou 2.654 casos de dengue em 2021. O número é 44% maior que os casos registrados no mesmo período do ano...

Wellington Dias apresentará Edital PRO Verde na COP26

O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, Wellington Dias, participará da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26), que...

Motoristas do transporte alternativo intermunicipal do Piauí fazem protesto no Palácio do Karnak

Um grupo de motoristas que fazem transporte alternativo de passageiros entre cidades do Piauí, o chamado transporte alternativo municipal, iniciou um protesto em frente...