33.8 C
Teresina

Governador diz que decisão do STF atende necessidade do país

Deve ler

Interpi lança biblioteca virtual com registros fundiários históricos nesta sexta (5)

Será realizado, nesta sexta-feira (05), no Auditório do Núcleo de Práticas Jurídicas da Universidade Federal do Piauí (UFPI), o lançamento da Biblioteca Virtual de...

Vacina contra Covid-19 em Teresina: veja quem pode ser vacinado hoje e o que fazer

A Prefeitura de Teresina começou a vacinação contra a Covid-19 no dia 19 de janeiro de 2021 e vem ampliando o público-alvo conforme chegam novas...

Casos de dengue têm aumento de quase 50% em relação a 2020 no Piauí

O Piauí já registrou 2.654 casos de dengue em 2021. O número é 44% maior que os casos registrados no mesmo período do ano...

Wellington Dias apresentará Edital PRO Verde na COP26

O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, Wellington Dias, participará da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26), que...

O governador Wellington Dias afirma que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) corresponde à necessidade do país por mais vacinas. Na noite desta quinta-feira  (22), a decisão do STF autorizou que o governo do Piauí faça a importação e distribua doses da vacina russa Sputnik V, caso a  Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não oficialize uma resposta à solicitação do estado até o dia 29 de abril.

Segundo o governador, o que o país mais precisa no memento é de vacina. Ele explica que a vacina russa encontra-se disponível, mas por falta de autorização, a importação ficaria impossibilitada.

Wellington destaca que a compra da vacina foi feita pelos estados em parceria com o Ministério da Saúde.

“O ministro Ricardo Lewandowski do Supremo Tribunal Federal (STF) deu uma liminar a exemplo do Maranhão e agora ao estado do Piauí, para que possa apreciar o pedido de licença de importação. Esperamos que a Anvisa faça essa semana em tempo de podermos receber o lote de entrega de vacinas. O Brasil e o Piauí mais precisam de vacina e a vacina Sputnik está disponível para entrega ao Brasil dessa compra feita pelos estados, junto com o Ministério da Saúde, nas regras do plano nacional de imunização. A decisão do Ministro assegura as condições de não tendo essa liberação, poder ter a licença de importação garantido que a partir do dia 28 possamos ter a entrega no Brasil”, destacou.

O ministro Ricardo Lewandowski  determina que a Anvisa tem um prazo de 30 dias para oficializar uma resposta. Essa prazo começa a ser contado no dia 31 de março. A Sputinik V já é utilizada em cerca de 60 países com eficácia de 91,6%. O Piauí pediu autorização, em 30 de março, para importar 2 milhões 173 mil e 607 doses da vacina russa.

Fonte: Cidade Verde

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui

Últimas notícias

Interpi lança biblioteca virtual com registros fundiários históricos nesta sexta (5)

Será realizado, nesta sexta-feira (05), no Auditório do Núcleo de Práticas Jurídicas da Universidade Federal do Piauí (UFPI), o lançamento da Biblioteca Virtual de...

Vacina contra Covid-19 em Teresina: veja quem pode ser vacinado hoje e o que fazer

A Prefeitura de Teresina começou a vacinação contra a Covid-19 no dia 19 de janeiro de 2021 e vem ampliando o público-alvo conforme chegam novas...

Casos de dengue têm aumento de quase 50% em relação a 2020 no Piauí

O Piauí já registrou 2.654 casos de dengue em 2021. O número é 44% maior que os casos registrados no mesmo período do ano...

Wellington Dias apresentará Edital PRO Verde na COP26

O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, Wellington Dias, participará da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26), que...

Motoristas do transporte alternativo intermunicipal do Piauí fazem protesto no Palácio do Karnak

Um grupo de motoristas que fazem transporte alternativo de passageiros entre cidades do Piauí, o chamado transporte alternativo municipal, iniciou um protesto em frente...