Home Em Destaque Governo do Piauí decreta luto oficial por três dias após Brasil registrar...

Governo do Piauí decreta luto oficial por três dias após Brasil registrar 500 mil mortes por Covid-19

O govenador do Piauí, Wellington Dias (PT), assinou neste domingo (20) o decreto nº 19.783 luto oficial de três dias em memória das 500 mil mortes por Covid-19, marca que o país atingiu nesse sábado (19). Veja a íntegra do decreto.

O decreto entrou em vigor neste domingo e segue até terça-feira (22). O texto, além de lamentar as vidas perdidas para Covid-19 no país, lembra as quase 6400 vítimas da doença no Piauí.

Palácio de Karnak, sede do governo do Piauí — Foto: Andrê Nascimento/ G1 PI

Palácio de Karnak, sede do governo do Piauí — Foto: Andrê Nascimento/ G1 PI

Em um vídeo publicado na sua página no Twitter neste sábado (19), o governador lamentou o número de mortos, e citou a vacinação como caminho para vencer a pandemia.

“[…] temos que focar, mais do que nunca, naquilo que pode salvar vidas, para evitar tragédia maior ainda: garantir vacina, variadas vacinas para mais vacinação. Nós não podemos ter a burocracia ganhando do pacto pela vida”, disse Wellington Dias.

Meio milhão de vítimas

Brasil alcançou a marca de meio milhão de vidas perdidas para a Covid-19 neste sábado (19), quando se completaram 459 dias desde que a doença chegou ao país, em março de 2020.

A média geral é de mais de 1 mil mortos por dia, mas o ritmo variou e subiu bastante desde o começo de 2021. No pior momento, em abril, chegamos a registrar média móvel semanal acima de 3 mil mortos diários; nos últimos dias, voltamos a ver essa média bater a marca de 2 mil vidas por dia, o que preocupa diante da lenta evolução nos números de vacinados.

A marca dos primeiros 100 mil óbitos no Brasil foi atingida quase 5 meses – 149 dias – após a primeira pessoa morrer pela doença no país. Dos 100 mil para os 200 mil, passaram-se outros 5 meses – 152 dias. Já para chegar aos 300 mil, foram necessários somente 76 dias, período que caiu quase pela metade quando chegamos a 400 mil em mais 36 dias.

Agora, de 400 mil a 500 mil mortes o salto se deu em 51 dias, evidenciando que a queda no ritmo de mortes não foi tão significativa assim passado o pior momento.

Fonte: G1 Piauí

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui