25 C
Teresina

Maia diz que decisão da Anvisa evita abertura de CPI e dá tranquilidade

Deve ler

Na UTI com Covid-19, Paulo Gustavo tem ‘sinais de melhora’, diz assessoria

O ator Paulo Gustavo, de 42 anos, que está internado com Covid-19 em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e sob ventilação mecânica no...

Documentário da Netflix sobre Pelé consolida ou prejudica o legado do Rei?

Não é fácil assistir a um Pelé confuso, se embaralhando durante uma entrevista, precisando do auxílio de um andador, que o ex-jogador empurra com dificuldade. Essas cenas...

Barcelona tem show com 5 mil pessoas após fazer testes de Covid-19 em todos

Fãs de música se abraçaram, dançaram e cantaram em um show de rock com ingressos esgotados em Barcelona na noite deste sábado, depois de...

Capacete usado nas gravações de Star Wars vai a leilão por R$ 790 mil

Vários itens de filmes históricos vão a leilão em uma galeria na Alemanha. Um deles é o capacete de um stormtrooper utilizado nas filmagens...

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de aprovar regras que autorizem o uso emergencial e em caráter experimental de vacinas contra a covid-19 vai evitar a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar a agência. Maia disse que já havia proposto a CPI a alguns líderes para investigar a atuação dos técnicos do órgão regulador e apurar as causas do atraso nessas autorizações.

“A Anvisa, felizmente, toma uma decisão que nos dá mais tranquilidade. Estávamos caminhando para propor uma CPI de investigação dentro da Anvisa para que os responsáveis sobre esse atraso de uma decisão de uma agência que é de Estado, não é de governo, do porquê esse atraso vinha ocorrendo”, disse.

Maia afirmou que o tema da vacina é de alto risco e tem causado desespero nas famílias. “A gente está acompanhando pelas redes sociais, pelas pesquisas. O desespero das famílias está aumentando a cada dia. A falta de uma luz no fim do túnel aumenta esse desespero e daqui a pouco a gente vai ver os ricos, aqueles que têm condições, indo para o Chile e para Londres, e os brasileiros aqui sendo contaminados sem leitos para cuidar dessa doença”, disse.

Fonte: Estadão Conteúdo

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui

Últimas notícias

Na UTI com Covid-19, Paulo Gustavo tem ‘sinais de melhora’, diz assessoria

O ator Paulo Gustavo, de 42 anos, que está internado com Covid-19 em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e sob ventilação mecânica no...

Documentário da Netflix sobre Pelé consolida ou prejudica o legado do Rei?

Não é fácil assistir a um Pelé confuso, se embaralhando durante uma entrevista, precisando do auxílio de um andador, que o ex-jogador empurra com dificuldade. Essas cenas...

Barcelona tem show com 5 mil pessoas após fazer testes de Covid-19 em todos

Fãs de música se abraçaram, dançaram e cantaram em um show de rock com ingressos esgotados em Barcelona na noite deste sábado, depois de...

Capacete usado nas gravações de Star Wars vai a leilão por R$ 790 mil

Vários itens de filmes históricos vão a leilão em uma galeria na Alemanha. Um deles é o capacete de um stormtrooper utilizado nas filmagens...

Hospital do Dirceu recebe tanque de oxigênio para pacientes com Covid-19, em Teresina

O Hospital do Dirceu, na Zona Sudeste de Teresina, recebeu um novo tanque de oxigênio neste domingo (28). Segundo a Fundação Municipal de Saúde...