33.8 C
Teresina

Semec decide iniciar ano letivo somente com aulas remotas após alta na ocupação de leitos

Deve ler

Interpi lança biblioteca virtual com registros fundiários históricos nesta sexta (5)

Será realizado, nesta sexta-feira (05), no Auditório do Núcleo de Práticas Jurídicas da Universidade Federal do Piauí (UFPI), o lançamento da Biblioteca Virtual de...

Vacina contra Covid-19 em Teresina: veja quem pode ser vacinado hoje e o que fazer

A Prefeitura de Teresina começou a vacinação contra a Covid-19 no dia 19 de janeiro de 2021 e vem ampliando o público-alvo conforme chegam novas...

Casos de dengue têm aumento de quase 50% em relação a 2020 no Piauí

O Piauí já registrou 2.654 casos de dengue em 2021. O número é 44% maior que os casos registrados no mesmo período do ano...

Wellington Dias apresentará Edital PRO Verde na COP26

O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, Wellington Dias, participará da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26), que...

Foto: Romulo Piauilino/PMT

A Secretaria Municipal de Educação de Teresina (Semec) anunciou, nesta quarta-feira (24), que não vai adotar a modalidade de ensino híbrida, alternando entre aulas presenciais e remotas, conforme havia previsto o calendário escolar 2021.  O ano letivo inícia no próximo dia 1° de março totalmente no formato remoto.

A decisão foi tomada após Teresina registrar  aumento dos  casos de coronavírus e os leitos de UTI-Covid atingirem lotação máxima. O secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, explica que nem mesmo as aulas do 2º, 5º e 9º ano da rede municipal de ensino irão ser híbridas, conforme havia sido anunciando anteriormente.  

“O momento é bem preocupante, considerando o surgimento de novas variantes no país e principalmente no tocante a velocidade de transmissão da doença e capacidade hospitalar em Teresina. A suspensão do início das aulas da Rede Municipal no formato híbrido acontece a fim de prevenir a propagação do coronavírus, ajudando a manter a saúde dos estudantes, trabalhadores em educação, comunidade escolar e toda a população”, explica o secretário Nouga.

A Secretaria Municipal de Educação afirma que vai fazer uma “busca ativa” para saber como está o acesso dos alunos às aulas remotas e identificar as principais dificuldades. Sobre a entrega de chips de internet para os estudantes, a Semec informou que a possibilidade está sendo estudada.

A Secretaria de Educação garante que estudantes com dificuldade de acesso aos meios digitais serão atendidos presencialmente e de forma individual por professores. Os pais ou responsáveis deverão entrar em contato com a escola e realizar o agendamento, cumprindo todo o protocolo de segurança contra a Covid-19.

 

Izabella Pimentel
izabella@cidadeverde.com

 

Fonte: Cidade Verde

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui

Últimas notícias

Interpi lança biblioteca virtual com registros fundiários históricos nesta sexta (5)

Será realizado, nesta sexta-feira (05), no Auditório do Núcleo de Práticas Jurídicas da Universidade Federal do Piauí (UFPI), o lançamento da Biblioteca Virtual de...

Vacina contra Covid-19 em Teresina: veja quem pode ser vacinado hoje e o que fazer

A Prefeitura de Teresina começou a vacinação contra a Covid-19 no dia 19 de janeiro de 2021 e vem ampliando o público-alvo conforme chegam novas...

Casos de dengue têm aumento de quase 50% em relação a 2020 no Piauí

O Piauí já registrou 2.654 casos de dengue em 2021. O número é 44% maior que os casos registrados no mesmo período do ano...

Wellington Dias apresentará Edital PRO Verde na COP26

O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, Wellington Dias, participará da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26), que...

Motoristas do transporte alternativo intermunicipal do Piauí fazem protesto no Palácio do Karnak

Um grupo de motoristas que fazem transporte alternativo de passageiros entre cidades do Piauí, o chamado transporte alternativo municipal, iniciou um protesto em frente...