24.8 C
Teresina

Vereadores fazem vistoria em hospitais da zona sul de Teresina

Deve ler

Interpi lança biblioteca virtual com registros fundiários históricos nesta sexta (5)

Será realizado, nesta sexta-feira (05), no Auditório do Núcleo de Práticas Jurídicas da Universidade Federal do Piauí (UFPI), o lançamento da Biblioteca Virtual de...

Vacina contra Covid-19 em Teresina: veja quem pode ser vacinado hoje e o que fazer

A Prefeitura de Teresina começou a vacinação contra a Covid-19 no dia 19 de janeiro de 2021 e vem ampliando o público-alvo conforme chegam novas...

Casos de dengue têm aumento de quase 50% em relação a 2020 no Piauí

O Piauí já registrou 2.654 casos de dengue em 2021. O número é 44% maior que os casos registrados no mesmo período do ano...

Wellington Dias apresentará Edital PRO Verde na COP26

O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, Wellington Dias, participará da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26), que...

Os vereadores Pollyanna Rocha e Leonardo Eulálio, que são presidente e vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente, Saúde, Saneamento Básico e Assistência Social da Câmara Municipal de Teresina, vistoriaram dois hospitais da zona sul de Teresina na manhã desta sexta (12).

Durante as visitas, Pollyanna e Leonardo se depararam com os efeitos do pico da pandemia na capital: hospitais lotados, falta de insumos e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), profissionais dedicados mas exaustos e famílias chorando a partida de entes queridos.

Os vereadores estiveram no Hospital do Monte Castelo e na UPA do Promorar e conversaram com diretores, médicos e populares que relataram, dentre outras coisas, a falta de materiais básicos de proteção, como luvas, máscaras e toucas.

Segundo a vereadora Pollyanna Rocha, que é presidente da Comissão, a precariedade constatada nos hospitais de Teresina assusta e preocupa, especialmente porque a nova cepa do vírus tem maior poder de contaminação. “É primordial que profissionais de saúde e pacientes estejam devidamente protegidos. Muitos teresinenses precisam se deslocar diariamente aos hospitais por diversos motivos e é necessário garantir a segurança de todos para que não sejam contaminados pelo coronavírus”, diz.

Pollyanna complementa que é essencial que os profissionais de saúde estejam devidamente paramentados, tenham acesso a EPIs de qualidade e que os hospitais do município ofereçam as devidas condições de proteção e segurança.

Após as visitas, a Comissão de Meio Ambiente, Saúde, Saneamento Básico e Assistência Social da Câmara Municipal de Teresina produzirá um relatório que destacará os pontos observados nos dois hospitais e exigirá da Fundação Municipal de Saúde providências quanto aos graves problemas encontrados.

 

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui

Últimas notícias

Interpi lança biblioteca virtual com registros fundiários históricos nesta sexta (5)

Será realizado, nesta sexta-feira (05), no Auditório do Núcleo de Práticas Jurídicas da Universidade Federal do Piauí (UFPI), o lançamento da Biblioteca Virtual de...

Vacina contra Covid-19 em Teresina: veja quem pode ser vacinado hoje e o que fazer

A Prefeitura de Teresina começou a vacinação contra a Covid-19 no dia 19 de janeiro de 2021 e vem ampliando o público-alvo conforme chegam novas...

Casos de dengue têm aumento de quase 50% em relação a 2020 no Piauí

O Piauí já registrou 2.654 casos de dengue em 2021. O número é 44% maior que os casos registrados no mesmo período do ano...

Wellington Dias apresentará Edital PRO Verde na COP26

O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, Wellington Dias, participará da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26), que...

Motoristas do transporte alternativo intermunicipal do Piauí fazem protesto no Palácio do Karnak

Um grupo de motoristas que fazem transporte alternativo de passageiros entre cidades do Piauí, o chamado transporte alternativo municipal, iniciou um protesto em frente...